Publicado em: 8 de janeiro de 2019


Janeiro Branco: Quem cuida da mente, cuida da vida!

Janeiro Branco é o mês dedicado ao cuidado com a saúde da mente. A data é dedicada às reflexões, às orientações e ao planejamento de ações estratégicas em prol da saúde mental.

Desde o início dos anos 90, com a primeira manifestação do Outubro Rosa nos Estados Unidos, o mundo todo tem se mobilizado em trazer cores para os meses a fim de chamar atenção das pessoas para a prevenção e cuidados com a saúde, por diversos motivos. O primeiro mês do ano, é responsável pela Campanha Janeiro Branco, que faz referência a Saúde Mental, considerada a “saúde mãe” pelos médicos.

O Janeiro Branco é uma campanha pensada, planejada e projetada para a promoção de Saúde Emocional nas vidas de todos os indivíduos, buscando estratégias políticas, sociais e culturais para que o adoecimento emocional seja prevenido, conhecido e combatido em todos os campos, esferas, dimensões e espaços em que o ser humano se faz presente.

A campanha

Em todo o Brasil e em outros países, cidadãos, psicólogos e demais profissionais (da saúde ou não), estão se mobilizando para levar mensagens e reflexões aos indivíduos e às instituições: “quem cuida da mente, cuida da vida”; “quem cuida das emoções, cuida da humanidade”; “quem cuida de si, já cuida do outro”; “sem psicoeducação não haverá solução”; “autoconhecimento: isso também tem a ver com a sua saúde mental”; “o que você não resolve em sua mente, o corpo transforma em doença”; “saúde mental pressupõe políticas públicas” e várias outras orientações, dicas e reflexões que têm o poder de chamar a atenção de todos para os cuidados consigo, com os outros e, também, para a importância das lutas por políticas públicas em defesa da Saúde Mental de todos.

Psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais e demais cidadãos brasileiros estão envolvidos com o Janeiro Branco. Ações, orientações e reflexões a respeito das condições e características emocionais dos seres humanos mudam e salvam vidas.

Os 5 objetivos da campanha Janeiro Branco:

  1. Fazer do mês de Janeiro o marco temporal estratégico para que todas as pessoas e instituições sociais do mundo reflitam, debatam, conheçam, planejem e efetivem ações em prol da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e das próprias instituições;
  2. Chamar a atenção de todo o mundo para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional nas vidas das pessoas;
  3.  Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para investirem e garantirem Saúde Mental e Saúde Emocional em suas vidas e nas vidas de todos ao seu redor;
  4. Chamar a atenção das mídias e das instituições sociais, públicas e privadas, para a importância da promoção da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos;
  5. Contribuir, decisivamente, para a construção, o fortalecimento e a disseminação de uma “cultura da Saúde Mental” que favoreça, estimule e garanta a efetiva elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos e das instituições.

Você pode gostar de ler também

Plural na 2º Corrida OAB de Colatina

Plural na 2º Corrida OAB de Colatina

Colatina é conhecida como um polo regional de referência em saúde de toda a macrorregião Noroeste do Estado. Possibilita acesso à saúde, desde atenção básica até exames de alta complexibilidade. Além ...

Natal solidário Plural Social

Natal solidário Plural Social

O ano de 2018 está chegando ao final, e com ele as datas comemorativas se aproximam. O natal e o ano novo são comemorações que trazem o sentimento de união, paz e esperança. Familiares e amigos se reú...

Plural na Music Run Fest

Plural na Music Run Fest

Imagine participar de uma corrida e terminar a prova de frente para um show! Assim foi a Music Run Fest 2018! A prova de corrida de rua chegou à sua segunda edição no dia 10 de novembro na Praia de Pi...

x

Precisando da 2ª via do boleto?

Digite o seu CPF e retire a segunda via do boleto

Campo de preenchimento obrigatório

Boletos vencidos podem ser pagos em qualquer banco.