logo Plural Adminsitradora de Benefícios

CAPITAIS

4020-2148

DEMAIS REGIÕES

0800-020-2149

SAC - WHATSAPP

21 99600-5046

TELEVENDAS - WHATSAPP

21 99598-1421

Cinco dicas para manter seu colesterol equilibrado com a ajuda da alimentação

O colesterol é um tipo de gordura metabolizada pelo fígado, e transportada para outros tecidos do corpo por lipoproteínas como o LDL (que costumamos chamar de “colesterol ruim”, uma vez que seu excesso faz com que a gordura se deposite nas paredes das artérias), e o HDL (ou “colesterol bom”, responsável por levar o excesso de colesterol dos tecidos para até o fígado para ser metabolizado, reutilizado ou eliminado pelo corpo).

Quem tem colesterol alto – aproximadamente 40% da população brasileira, segundo dados do DATASUS – pode vir a sofrer infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outras doenças crônicas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares são a causa número um de mortes em todo o mundo, logo não é à toa que o colesterol seja apontado como um dos principais arqui-inimigos da saúde.

Para ajudar a combater nosso vilão, precisamos manter o bom funcionamento do organismo. Para isso, é importante cuidar da alimentação e do estilo de vida, além de estar em dia com nossos exames de rotina. Segue uma lista com pequenas mudanças fazem que diferença:

1. Aumente o consumo de alimento integrais

Presentes em alimentos integrais, as fibras solúveis auxiliam na redução de LDL do sangue – o que chamamos de “colesterol ruim”.

2. Faça exercícios aeróbicos

Caminhar, correr e andar de bicicleta, por exemplo, são atividades físicas que ajudam a elevar a concentração sanguínea de HDL – ou "colesterol bom”.

3. Consuma frutas oleaginosas

Pobres em gorduras saturadas e ricas nas monoinsaturadas, as oleaginosas (castanhas, amêndoas, avelãs, nozes, pistaches) auxiliam na redução do LDL e do colesterol total, sem reduzir o HDL

4. Coma frutas e verduras regularmente

Alimentação saudável significa ter uma fonte variada de nutrientes como os antioxidantes (vitamina C, carotenoides, flavonoides e outros), que ajudam a diminuir os riscos de doenças do coração, por exemplo.

5. Consuma alimentos ricos em fitoesterois

Substâncias vegetais encontradas em legumes, oleaginosas, abacate, hortaliças, e cereais integrais capazes de bloquear parcialmente a absorção do colesterol no intestino, e assim auxiliar na redução do LDL.

Alimente-se bem e pratique atividades físicas para manter os níveis adequados de gordura no sangue, mas nada de se automedicar! Procure orientação médica e nutricional, pois ninguém se comparar a um profissional da área na hora de dar orientações de acordo com o perfil de cada pessoa.


voltar

ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS
ANS